Suspeito da morte da jovem de 22 anos é quase linchado antes de ser preso em Bandeirantes

O delegado da 39ª DRP de Bandeirantes, Michel Eymard de França Araújo, confirmou na tarde desta quarta-feira, 17, a prisão do suspeito da autoria do homicídio contra a jovem Larin Kathleen Oliveira Silva, que tinha 22 anos e estava grávida.

Ela estava desaparecida desde o último dia 13 e seu corpo foi encontrado na última segunda-feira, 15, em uma estrada rural do bairro Água Branca.

Ao tomar conhecimento de que o suspeito estava no escritório do advogado e iria se entregar, populares se dirigiram ao local e ele quase foi linchado.

O delegado disse ainda que o acusado já foi encaminhado para um presídio de outra cidade com a finalidade de preservar sua integridade física.

Um vídeo postado na rede social mostra alguns moradores comemorando a prisão dele. Veja abaixo: (Texto: Rádio Web CP com informações de Cleverson Rodrigues/Facebook).

Deixe uma resposta