Programa Compra Direta destina R$ 170 mil para agricultura familiar de Cornélio Procópio

O Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA), também conhecido como Compra Direta, proposta 2021, foi lançado oficialmente nesta sexta-feira (13) em Cornélio Procópio. A solenidade aconteceu no Centro Cultural Galdino de Almeida (área central da cidade), com a participação do prefeito Amin Hannouche, do deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) e da coordenadora estadual do programa, Maria Pavani, entre outras autoridades.

Mantido pela Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (Seab), atua com duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar no município.   Adquire alimentos de cooperativas e associações que coordenam ações de pequenos produtores rurais e atende diretamente a rede assistencial e entidades em geral.

“O dinheiro vem dos governos federal e estadual e o município faz a compra diretamente dos produtores. Produtos de excelente qualidade são adquiridos  distribuídos às entidades que tanto necessitam. É uma ajuda direta, em especial, neste momento de pandemia em que as pessoas e as entidades passam por muita dificuldade”, disse o prefeito Amin Hannouche durante a abertura da cerimônia de lançamento.

Avaliação Positiva – Em Cornélio Procópio, é coordenado pelo Núcleo Regional da Secretaria da Agricultura e Abastecimento. “Temos uma avaliação altamente positiva do programa na região onde atende  32 municípios. Desde o ano passado, quando entrou como Compra Direta Emergencial em razão da pandemia, o governo passou a atender as famílias mais vulneráveis e conseguiu atingir a agricultura familiar para escoamento dos produtos”, disse o chefe do NR da Seab, Eduardo Itimura, durante o encontro.

O Compra Direta adquire alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e é destinado às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, famílias atendidas pela rede socioassistencial e pela rede pública municipal (merenda escolar). Na região, o programa recebe produtos de 47  famílias de agricultores sendo eles produtos convencionais e orgânicos. Este ano, o programa no município atende a 12 entidades e foi contemplado com R$ 170 mil.

O deputado Romanelli  também falou no encontro.  Disse que o Compra Direta presta grande contribuição para o desenvolvimento da agricultura familiar do estado que é quem fornece os produtos, por meio de associações e cooperativas, e atende uma grande rede de assistência social. “É o típico caso de ganha-ganha. Fortalece o pequeno agricultor e coloca comida na mesa de quem precisa”, afirmou. O vereador Cristiano Leite Ribeiro (PSD) também participou do encontro. (Rádio Web CP/Comunicação/Prefeitura).

Deixe uma resposta