Prefeitura e UENP se reúnem para discutir biossegurança do próximo vestibular da unidade em Cornélio

A vice-prefeita de Cornélio Procópio, Angélica Olchaneski, se reuniu  semana passada com a reitora da Universidade Estadual do Norte do Paraná, Fátima Aparecida da Cruz Padoan para discutir o protocolo de biossegurança  para o Vestibular 2021.

O encontro foi no gabinete da Prefeitura e contou também com a participação do vice-reitor, Fabiano Gonçalves Costa; do coordenador de Processos Seletivos da universidade, Henrique Carnevalli, e do assessor de Gabinete da prefeitura, André Liévore.

 “Realizar o Vestibular nesse período de pandemia será um grande desafio, por isso preparamos um protocolo rígido para que possamos garantir a segurança de todos os candidatos e colaboradores durante as provas. Essa parceria com a Prefeitura é imprescindível para que possamos realizar esse trabalho”, ressaltou a reitora Fátima Padoan.

A Universidade terá apoio da Polícia Militar para a fiscalização dos ambientes externos dos locais de prova, para evitar aglomerações.

A vice-prefeita destacou por sua vez a boa parceria com a UENP e garantiu apoio à universidade para realização do processo seletivo.

“Falamos da logística para o local, do acesso dos vestibulandos, ambiente de prova e a maneira como tudo isso irá ocorrer no dia. Também discutimos sobre a realidade do município, das ações que estamos realizando para que tudo ocorra da melhor maneira possível. Vimos com muito bons olhos a organização”, destacou Angélica.

Informou  ainda que o ofício recebido pela Prefeitura será encaminhado para a Vigilância Epidemiológica para que possa realizar avaliação.

Segurança

O coordenador de Processos Seletivos da UENP acentuou que foram definidas estratégias rígidas para que a realização do processo seletivo ocorra com proteção e segurança.

“O plano de contingenciamento definido pelo Comitê da UENP para o Vestibular, que segue o padrão de todas as Instituições de Ensino Superior, tem mais de 30 itens de biossegurança que respeitam normas de prevenção da disseminação do vírus”, garantiu Carnevalli.

O plano de contingenciamento conta com itens como utilização de termômetros para aferição da temperatura dos candidatos, a interdição dos bebedouros e proibição de alimentação durante a prova, organização de fila com distanciamento na entrada nos locais de prova, higienização dos ambientes, salas arejadas e sem uso de ar-condicionado e orientação para troca de máscara a cada duas horas.

Também os fiscais de sala que trabalharão no dia do Vestibular farão o teste de Covid-19 dois dias antes da aplicação da prova. A íntegra do documento será publicado e divulgado em breve para conhecimento dos candidatos.

A Universidade encaminhará para o Gabinete da Prefeitura de Cornélio Procópio o Plano de Contingenciamento para o Vestibular, os dados dos locais de prova, o número de candidatos que realizarão o teste seletivo.

A Universidade realizou reuniões também com os municípios de Jacarezinho e Bandeirantes, onde a universidade também mantém unidades. (Rádio Web CP/Comunicação/Prefeitura, com UENP).

Deixe uma resposta