Prefeitura de Cornélio contrata “Tendas” para minimizar espera por Auxílio Emergencial

Cansado de assistir pela janela do seu gabinete, centenas de pessoas sendo atendidas de forma desumana, em intermináveis filas, o prefeito Amin Hannouche de Cornélio Procópio tomou uma série de medidas para minimizar o sofrimento e a angústia daqueles que buscam o Auxílio Emergencial de R$ 600,00 na agência da Caixa Econômica local.

Além de acionar as Secretarias de Saúde e Promoção Social, a prefeitura contratou “Tendas” que foram instaladas no quarteirão onde fica a agência bancária e a prefeitura.

De acordo com o prefeito, a aglomeração de pessoas diariamente naquele local foge totalmente das regras determinadas pelas autoridades médicas e das normas que foram estabelecidas para esta quarentena na cidade.

Embora a gerência da agencia não saiba contabilizar o número de pessoas que estão sendo atendidas, em dias de pagamento, mais de mil pessoas procuram a Caixa para retirar o beneficio.

“Esta aglomeração de pessoas ocorre em meio à pandemia da Covid-19, quando a orientação do governo e do município é o distanciamento social.

Não é justo que estas pessoas passem a noite e boa parte do dia para serem atendidas  sem as menores condições para isto”, afirmou Amin Hannouche, observando que a prefeitura colocou cadeiras para as pessoas em espaçamento determinado pelas autoridade saúde, além de fornecer água, fazer a assepsia do local diariamente e oferecer a estrutura da Secretaria da Saúde para as pessoas.

“A solidariedade alcançou também algumas igrejas que estão distribuindo lanches, café e suco para homens e mulheres que passam horas esperando o atendimento”, explicou o prefeito. (Rádio Web CP/Comunicação/Prefeitura).

Deixe uma resposta