Polícia abre inquérito para investigar incêndio que destruiu mais de 50 ônibus do transporte coletivo de Londrina

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o incêndio que atingiu a garagem da Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL),no norte do Paraná e deixou 56 ônibus destruídos na tarde de segunda-feira (15), segundo a empresa.

Para a TCGL, a suspeita é que o fogo, que durou cerca de uma hora e meia, tenha começado por ação criminosa.

Na investigação do que causou o incêndio, a polícia começou a ouvir funcionários e também deve requisitar de câmeras de segurança para análise.

“Não há registro de sistema de monitoramento do pátio interno, isso pela empresa. Mas há outros registros de imagens que podem esclarecer os fatos como eles acontecerem”, afirmou o delegado responsável.

Para auxiliar no processo, a TCGL contratou peritos particulares. (Rádio Web CP com conteúdo da RPC Londrina). LEIA MAIS

Deixe uma resposta