Menino de 9 anos se mata após bullying por homofobia na escola e mãe faz apelo aos pais

Uma mãe (Leia Pierce) fez um apelo dramático aos pais sobre o bullying na escola. Ela tomou essa iniciativa depois que seu filho de apenas 09 anos Jamel Myles se matou.

E a causa, relata ela, foi bullying por homofobia que ele sofreu durante quatro dias em sua escola, em Denver, EUA.”Estou acabada. Se não fosse por minha filha, não sei o que faria”, disse ela à BBC.

Ela diz também se sentir culpada por não ter percebido que o filho sofria bullying. Pouco antes da tragédia, o menino já teria contado para a mãe que era gay e que tinha orgulho de ser assim.

Leia acredita que ele deve ter contado a alguém e a notícia se espalhou virando uma perseguição.

Diante disso, ela pede encarecidamente aos pais para que fiquem atentos aos filhos. Se notarem alguma diferença na maneira de agir deles (filhos), ajam, não esperem que aconteçam o pior.

E ainda deixou um recado direto: “Ensinem seus filhos a amar” (Texto: Rádio Web CP com informações e foto BBC Brasil).

Deixe uma resposta