Loja no interior do Paraná fecha após furto, e dona protesta na vitrine: ‘Indignação’

A proprietária de uma loja de roupas que foi furtada no Centro de Arapongas, no norte do Paraná, precisou fechar o comércio, mas usou a vitrine para protestar contra o crime. Vendas pretas nos manequins e cartazes dizendo: “Essa loja está fechada porque roubaram tudo! Indignação!”.

A loja, inaugurada há apenas um mês, foi invadida na madrugada da última quinta-feira (26). As araras ficaram completamente vazias depois que as mais de 400 peças de roupa foram levadas. O estoque, dinheiro do caixa, celulares e outros objetos também foram furtados. Não sobraram nem os cabides.

A indignação exposta não se resume aconteceu nesta loja. É também pelo caso de uma outra loja da empresária, que foi invadida recentemente.

Ainda insegura, a lojista deu entrevista, mas preferiu não ser identificada. Ela suspeita que a ação foi planejada.

“Desligaram todo o padrão da Copel, que fica pro lado de fora… na hora de virar as câmeras dos comércios vizinhos, eles iam com celular com luz pra não serem gravados os rostos e também colocaram sacos pretos nas câmeras pra não filmarem eles”, contou.

A fachada está chamando a atenção de quem passa pela principal avenida da cidade, como a dona de casa Aguida Batista.

“Nossa, levaram tudo. Que dó, né? Coitado do proprietário. Acaba com o comércio de Arapongas, uma pena”, afirmou.

A ocorrência foi registrada como furto qualificado e a polícia investiga o caso. Em nota a Polícia Civil informou que as investigações já estão em andamento com a coleta de imagens de câmeras das proximidades e ao longo da avenida.

Persistência

Apesar de tudo, a empresária deixou um outro recado no interior da loja, na esperança de retomar o trabalho. “O sonho não acabou”, diz a mensagem escrita em um pequeno quadro verde.

“Foi trabalho de anos, trabalho de amis e 10 anos, juntando, economizando, pra investir num negócio. E ainda inaugurar e te tomarem tudo, não é fácil de ligar com essa situação, não é fácil.

Fonte – RPC Londrina

Deixe uma resposta