Jovem denuncia roubo de moto e recebe ameaças para retirar queixa em Andirá

Um jovem de 18 anos foi ameaçado de morte na manhã de sábado, 17, em Andirá, 50 km de Cornélio Procópio, por denunciar o autor do roubo de sua motocicleta. As ameaças teriam tido sequência na madrugada de domingo, 18.

Ele compareceu no plantão da PM, em companhia da mãe, onde fez a primeira denúncia e, voltou horas depois, para informar que o mesmo indivíduo teria enviado um áudio via whatsapp com nova ameaça.

E, mais tarde, a mãe do denunciante disse que, também teria recebido ligação do mesmo autor do áudio dizendo ter seqüestrado seu filho.

“Como ele tinha brincado com fogo, iria se queimar”, dizia a ameaça.

A noticiante informou ter ficado aterrorizada, porque o filho não estava em casa.

Porém, logo verificou que não se tratava de fato real e pediu proteção.

O crime de ameaça é previsto no artigo 147 do Código Penal e consiste no ato de ameaçar alguém, por palavras, gestos ou outros meios, de lhe causar mal injusto e grave e, como punição, a lei determina detenção de um a seis meses ou multa. (Texto: Rádio Web CP).

Deixe uma resposta