Homem é agredido por não pagar programa com travesti em Andirá

Um homem foi agredido por um travesti e teve o celular tomado, na manhã de quinta-feira, 16, próximo à linha férrea na Vila Santa Inês, em Andirá, 50 km de Cornélio Procópio.

Em patrulhamento, a Policia Militar localizou o agressor, que alegou ter ficado com o aparelho do denunciante como garantia de pagamento por um programa sexual.

Diante disso, as partes foram conduzidas ao Pelotão da PM, e, após, esclarecimentos, os envolvidos na ocorrência entraram em um acordo. (Texto: Rádio Web CP).

Deixe uma resposta