Finados tem movimento reduzido este ano por causa da pandemia em Cornélio

O dia de finados teve um movimento bem menor que o do ano passado, em Cornélio Procópio. Quem deu a informação foi o administrador do Cemitério Municipal, Sebastião Luchini.

Segundo ele, a população antecedeu a limpeza e visitação dos tútulos desde a última quarta-feira, 28, para evitar aglomerações. “Por isso, o número de visitantes, nesta segunda-feira, 02, caiu no comparativo com 2019”, acrescentou.

Por causa da pandemia, a procura por vagas de comercialização na frente do cemitério, também caiu neste ano.

Luchini disse ainda que os túmulos mais visitados nesta data foram da menina “Creuzinha”, cruelmente assassinada em 1963 e que culminou em uma chacina na cidade, e o de Mary Alcântara Hannouche, esposa do atual prefeito Amin Hannouche, que faleceu no dia 02 de outubro do ano passado.

“Todos os visitantes foram orientados a usar álcool em gel e máscara na entrada, e, durante a semana, a administração realizou os serviços de pintura e limpeza, muito bem recebidos pelos moradores do município”, destacou. (Texto e reportagem Rádio Web CP).

Deixe uma resposta