Em Cornélio Procópio, LED traz mais conforto e economia para as ruas da cidade

Assim como muitas prefeituras de diversas cidades no Brasil, Cornélio Procópio está melhorando substancialmente o seu sistema de iluminação pública. Encontrou nas lâmpadas de LED uma possibilidade de economia de gastos, além de garantir mais eficiência do serviço.

As principais vias do centro da cidade já receberam a melhoria com a substituição das tradicionais lâmpadas de vapor de sódio pelas de LED, que são visivelmente mais confortáveis. Para esse serviço, o município está investindo R$ 2,38 milhões.

A troca já foi executada em áreas de maior movimento, como as avenidas São Paulo, Marechal Deodoro, Nossa Senhora do Rocio, Getúlio Vargas e Dom Pedro I, entre outras. Somente na Praça do Cristo Rei, foram substituídas 120 lâmpadas pelo novo sistema.

”Nossa meta é concluir o cronograma estabelecido nos próximos noventa dias”, previu o diretor da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb), Luiz Aleixo.

Disse que, além das áreas de maior movimento, outras mais afastadas também já receberam a melhoria. Entre elas, as vilas Nova e Nossa Senhora Aparecida, nos extremos leste/oeste da cidade, e outras onde o trabalho está em andamento.

A substituição segue também em bairros como Jardim Nova Esperança, onde o trabalho já foi executado em 50% da área, Florêncio Rebolho e Vila Popular. Também estão no cronograma vias como Paraíso, Amazonas, Paraná, Colombo e Benjamin Constant.

Eficácia

Estudos técnicos indicam que as lâmpadas de LED têm desempenho consideravelmente superior ao das lâmpadas de vapor de sódio. Além disso, também proporcionam uma notável economia de gastos.

Em números, são capazes de produzir 425% mais luminosidade que as demais. Isto sem contar que, enquanto as lâmpadas incandescentes têm uma vida útil de 1.000 horas e as fluorescentes de 10.000 horas, a LED chega a durar entre 30.000 e 100.000 horas. (Rádio Web CP com texto de Ataide Cuqui).

Deixe uma resposta