Em Cornélio Procópio, Agência do Trabalhador reforça ações pela busca da vaga de emprego

Estimular a busca ativa de oportunidades de empregos, através de trabalho conjunto  com  empresas locais, facilitando a intermediação de mão de obra na captação de vagas e emprego. Este o papel principal da Agência do Trabalhador da Prefeitura Municipal de Cornélio Procópio, que, além da oferta de cursos de capacitação através de parcerias com instituições, tem priorizado a busca por vagas de trabalho.

No momento, mesmo com as dificuldades geradas pela pandemia, a agência tem apresentando resultados positivos com a captação de vagas de emprego aumentando de maneira satisfatória. “Temos fechado com uma média mensal de 30 colocações. Graças a Deus, os esforços  nessa busca têm sido bons”, relata a diretora do Departamento de Trabalho e Emprego,  Gisele Picolotto, que também responde pela gerência da agência.

Lembrou que o  esforço concentrado nesse objetivo é uma das recomendações do prefeito Amin Hannouche, principalmente nessa fase atípica vivida pela população com a chegada da pandemia. Mas, com determinação e criatividade, as intermediações têm sido eficazes e alcançado seus objetivos.

“Antes, as pessoas chegavam aqui e só deixavam os seus currículos. Hoje, não.  Criamos um cadastro onde consta um perfil completo do candidato com todas as suas habilidades e fazemos a intermediação, inclusive com pré-entrevistas, isto é, substituímos o currículo pelo cadastro”,  explica.

Outra atividade da agência é a oferta de cursos profissionalizantes. Através da manutenção de parceria com o Senai/PR (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná), está criando um agendamento voltado à promoção de cursos de capacitação profissional que em breve serão disponibilizados para a comunidade.

“Recentemente, nos reunimos com representantes da instituição, no sentido de discutir a parceria de alguns cursos de capacitação que vamos promover. Entendemos que, capacitados, os candidatos que nos procuram diariamente, terão melhores condições de enfrentar a demanda”, concluiu a diretora da Agência. (Rádio Web CP/Comunicação/Prefeitura).

Deixe uma resposta