Em Cornélio, Bosque Municipal recebe uma das maiores revitalizações dos últimos anos

Principal área de lazer ecológico do município, recebe investimentos de mais de R$ 500 mil

Está praticamente na reta final a revitalização que Bosque Municipal Júlio Almeida de Cornélio Procópio (zona sul da cidade), estabelecida pelo prefeito Amin Hannouche dada a importância do local para o lazer, o meio ambiente e a prática diária de atividades físicas pela população. Com 9,78 ha, possui o maior espaço urbano de área verde e a reforma deverá recoloca-lo entre os principais espaços de turismo e lazer da região.

“Estamos realizando uma das maiores obras da sua história recente. É para que a população possa aproveitar ao máximo todas as opções de lazer, diversão e qualidade de vida que o local oferece”, disse Hannouche. Informou que mais de R$ 500 mil estão sendo investidos no local, seguindo cronograma estabelecido pela Secretaria Municipal de Planejamento. Nesta fase, os recursos são do próprio município.

Entre as principais melhorias estão o reperfilamento asfáltico total das vias que cortam a área e servem principalmente como pistas de caminhada para quem visita o local; retirada de materiais incompatíveis com a mata; faxina total com devolução de folhas e troncos para o interior da mata; substituição de telhas quebradas nas construções internas, entre outras providências.

Floresta Municipal

Bom para caminhar, relaxar, ou mesmo, para um piquenique, o espaço é bucólico e ainda mantém características da vegetação nativa regional. Conserva espécies como peroba, pau d’alho, figueira, coração negro, entre outras, como também é possível encontrar em seu interior animais como quatis, lagartos, tartarugas entre outras espécies.

“O nosso bosque é uma das ‘meninas dos olhos’ do prefeito Amin. Depois de um amplo serviço de recape na área de acesso ao local, determinou essa reforma em todo o seu interior. É uma grande melhoria e, depois de pronta, voltará a servir de local de passeios como antes”, disse o diretor administrativo, Vanildo Sotero, que visitou o local.

Com a manutenção intacta da mata nativa, o município segue rigorosamente o Plano de Manejo estabelecido pelo Instituto Água e Terra do Paraná (IAT). Ao preservar a área primitiva, também garante o ICMS ecológico que trata do repasse de recursos financeiros aos municípios que abrigam em seus territórios unidades de conservação.

“Percorremos toda a extensão da mata e constatamos que a vegetação nativa está totalmente preservada. É uma operação de rotina que fazemos anualmente para manutenção do PM”, disse Jonas Adriano, engenheiro florestal do IAT. Ele esteve no local acompanhado da bióloga Selene Leal, na fiscalização sobre a situação da mata. (Rádio Web CP/Comunicação/Prefeitura).

Deixe uma resposta