Denúncia de injúria vira caso de polícia em Santa Amélia

Uma denúncia de injúria virou caso de polícia na manhã de segunda-feira, 11, no município de Santa Amélia, 70 km de Cornélio Procópio.

Uma mulher procurou a PM informando que seu filho adolescente teria sido ofendido pelo professor, após sentar-se ao lado de um amigo e pedir explicações sobre uma matéria.

Ela disse também que o docente usou o termo “viadagem” para se referir ao comportamento do aluno e até o ameaçou retirá-lo da sala de aula caso não mudasse de atitude.

Conforme a denunciante, a direção da escola e o Conselho Tutelar tomaram conhecimento do fato e o professor deveria se retratar, o que não ocorreu.

“Inclusive, o professor teria dito para registrar boletim de ocorrência, que nada lhe aconteceria”, acrescentou a mulher.

Diante disso, o boletim de ocorrência foi registrado e a autora da denúncia espera agora que os procedimentos legais sejam adotados. (Texto: Rádio Web CP).

Deixe uma resposta