Cornélio estuda medidas mais duras para barrar o aumento de casos da covid 19

Representantes da Prefeitura Municipal, 18ª Regional de Saúde, Ministério Público e Defesa Civil, se reuniram na tarde desta segunda-feira, 01, em Cornélio Procópio, com o objetivo de  discutir a adoção de medidas mais drásticas para conter a disseminação da Covid 19 no município.

Com o aumento do número de casos, em poucos dias, as autoridades estão sugerindo, entre outras medidas, o isolamento social ampliado, como já ocorreu no início da pandemia na cidade, e que libera apenas o funcionamento dos serviços considerados essenciais.

“Podemos trabalhar com essa possibilidade, durante 10 dias, para ver se conseguimos parar a curva. No entanto, sem a colaboração da população, nenhuma medida de isolamento, irá resolver a situação”, disse o chefe da 18ª Regional da Saúde, Claudio Cordeiro.

Já o promotor Erinton Dalmaso informou que a grande preocupação neste momento é definir  um local na cidade que possa atender os casos mais leves da doença. “Neste caso, vamos pedir apoio do governo do estado e fazer com que a população possa receber os primeiros atendimentos no município”, acrescentou.

E o segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, desta segunda-feira, 01, divulgado às 17h00, mostra que o número de casos não pára de subir.

Agora são 103 casos confirmados do Coronavírus; 02 óbitos; 21 curados; 90 em investigação; 349 descartados e 734 em monitoramento. (Texto: Rádio Web CP com entrevistas concedidas à RC FM 98,1 e foto:Comunicação/Prefeitura).

Deixe uma resposta