Aumento de casos de dengue em Cornélio Procópio coloca autoridades em estado de alerta

Rocha: Focos de criadouros do mosquito estão em toda parte

A Secretaria Municipal de Saúde de Cornélio Procópio (SMS)  anunciou nesta segunda-feira (25/04) que o município  está em estado de alerta máximo contra a dengue. Já são mais de 125 registros confirmados este ano no município e o elevado número desses casos da doença transmitida pelo mosquito Aeds aegypt  pode levar as autoridades sanitárias locais a decretar o estado de epidemia face ao elevado número de criadouros espalhados pela cidade.

O alerta é do diretor do Departamento de Vigilância Sanitária da SMS, Elizeo Rocha, que aponta a precaução como melhor maneira de conter o crescimento da doença. “Infelizmente, o número de criadouros do mosquito transmissor ainda é muito grande na cidade e até acreditamos que a quantidade de casos possa ser ainda maior  face aos criadouros do mosquito que ainda existem espalhados pela cidade e a maior parte está nas residências”, alerta,

Reforça o apelo para que a população intensifique as ações preventivas de combate ao mosquito, eliminando possíveis criadouros. “É muito importante que cada pessoa verifique se em sua casa, seu quintal existe locais com água parada onde o mosquito possa fazer a postura e aumentar a incidência. Limpeza de quintais e evitar jogar lixo em terrenos baldios onde possa acumular água são a melhor prevenção”, orienta. Informa que a maior concentração do mosquito está e bairros como Vila São Pedro e jardins Figueira e Pioneiro.

Informou também que, com a incidência da Covid-19, muitas pessoas acometidas pela doença acabaram ficando com sequelas e, consequentemente, mais vulneráveis à dengue. “São pessoas que acabaram ficando com a imunidade mais frágil e, se acometidas pela doença neste momento, pode levar essas pessoas ao internamento e, infelizmente,  até ao óbito”, conclui o sanitarista. (Rádio Web CP/Comunicação/Prefeitura).

Deixe uma resposta