Asssociação usa nome da PM para pedir dinheiro em Andirá

Uma associação foi denunciada quinta-feira, 15, em Andirá, 50 km de Cornélio Procópio, por usar indevidamente o nome da Polícia Militar.

Segundo boletim de ocorrência, um homem estaria visitando estabelecimentos comercias na cidade e se passado por policial militar.

Durante os contatos, o suposto policial pedia dinheiro em troca de uma propaganda no jornal da Polícia Militar.

Ao questionar o acusado, ele relatou fazer parte de uma associação  que não possui vinculo com a PMPR.

Diante disso, todos os proprietários de estabelecimentos que realizaram a contribuição, foram procurados e informados sobre o destino real da doação.

Os comerciantes disseram que teriam colaborado  pensando que o benefício iria para PM local.

Em seguida, eles manifestaram interesse em ter o dinheiro de volta, assim como demonstraram interesse em representar criminalmente contra o falso policial por usurpação da função pública.(Texto: Rádio Web CP).

Deixe uma resposta