Ameaçada, vendedora pede ajuda da PM em Cornélio

Uma mulher procurou na manhã de sábado, 04, a sede da 1ª Cia, em Cornélio Procópio, para denunciar que está sendo ameaçada por outra mulher que não aceitou vê-la assumindo a vaga de serviço de sua amiga.

A reclamante relatou que vem sofrendo ameaças de outra promotora de vendas, e, que as mensagens recebidas falam em agressão física.

Ela disse ainda acreditar que as ameaças teriam relação com o fato de ter ocupado a vaga de uma mulher que era amiga da noticiada.

Por isso, a denunciante foi pedir providências às autoridades para poder exercer sua profissão com segurança. (Texto: Rádio Web CP).

 

Deixe uma resposta