Tribunal do Júri condena acusado de morte em acidente de trânsito em Cornélio

Welton Alencar de Carvalho foi condenado a 7 anos de prisão em regime semi-aberto por ter sido considerado responsável pelo acidente de trânsito que tirou a vida de Cleyton Cristiano da Silva, 33 anos, e deixou ferido Eduardo Hinhesta, 25 anos, no dia 08 de fevereiro de 2015.

A decisão foi tomada pelo Tribunal do Júri reunido quinta-feira, 14, em Cornélio Procópio. Os autos apresentados pelo Ministério Público mostraram que Welton estava embriagado e assumiu o risco de provocar o acidente.

Segundo a promotora substituta Thayná Navarros, o acusado cometeu um delito grave, que é a embriaguez no volante. “Esta condenação de 7 anos vai além da ocorrência de morte, mas, é uma forma de sensbilizar a sociedade de que álcool e direção não combinam”, ressaltou.

A promotora disse ainda que é imprescindível que a comunidade faça uma reflexão sobre as nossas atitudes no trânsito. (texto: Rádio Web CP com informações da Bruno Izidoro da FM 104).

Deixe uma resposta