Morte da agrônoma procopense no MT repercute na mídia nacional (Veja vídeo)

Uma matéria sobre o crime cometido por razões banais contra a engenheira agrônoma procopense Júlia Barbosa de Souza, 28 anos, no último dia 08, em Sorriso, Mato Grosso, repercute até na mídia nacional.

Em matéria divulgada domingo, 17, no Fantástico, da rede Globo, a tragédia foi um dos destaques do programa.

No dia dos fatos, a jovem de Cornélio Procópio estava em uma caminhonete com o namorado Vitor na Avenida Brescansin, quando o acusado Jackson Furlan que vinha atrás, se irritou com a lentidão do trânsito, perseguiu o casal e disparou atingindo a cabeça de Júlia.

Depois de fugir, o atirador se apresentou na delegacia com advogados. Segundo a defesa, ele não vai se furtar de responder na justiça pelo crime que lhe é imputado.

Ao falar na televisão, a tia Eliana Quaresma disse que a alegria da sobrinha contagiava toda a família. “Gratidão por ela ter passado pelas nossas vidas, foram 28 anos alegrando as nossas vidas”, acrescentou. (Texto: Rádio Web CP).

Deixe uma resposta