Advogado suspeito da matar namorada em Camboriú se entrega à polícia após 24 horas de negociação

Após 24 horas de negociação, o suspeito de matar a namorada a facadas dentro de um apartamento no centro de Balneário Camboriú, no litoral norte catarinense, se entregou . 

A rendição à polícia militar ocorreu, por volta das 18h30, desta quarta-feira, 03.

Desde a noite anterior, o prédio foi cercado por policiais depois de serem informados sobre a  ocorrência e de que o suspeito estaria armado.

Durante a negociação, o advogado Paulo de Carvalho Souza confessou que matou a namorada a facadas e ameaçava se jogar do 7º andar.

Foto: Luiz Souza – NSC TV

O casal não tinha histórico de drogas e a PM foi acionada  por vizinhos após terem percebido uma confusão no imóvel.

A rua do prédio ficou isolada durante a negociação. Lucimara Stasiak, 29 anos, sonhava em ser juíza, disseram familiares. Ela era de Curitiba e trabalhava num escritório de Florianópolis há cinco anos.

Conforme foi apurado, o autor do crime era natural de Jacarezinho- PR e fazia uso de remédios controlados.

A OAB seccional catarinense emitiu nota manifestando profundo pesar e repúdio ao assassinato da advogada.  (Texto: Rádio Web CP com informações do G1 SC).

Advogada Lucimara Stasiak, 29 anos, foi morta no Balneário Camboriú – Foto/Reprodução: NSC TV

Deixe uma resposta