MPPR denuncia em Cornélio Procópio seis pessoas investigadas pelos crimes de associação criminosa e falsidade ideológica

O Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio, no Norte-Central do estado, denunciou criminalmente seis pessoas pelos delitos de associação criminosa e falsidade ideológica. 

De acordo com as apurações, os investigados formaram a associação criminosa para criar diferentes pessoas jurídicas do ramo de materiais de expediente, papelaria e material escolar e de material de informática, equipamentos e suprimentos. 

As empresas eram registradas em nome de terceiros mas, na realidade, pertenciam ao mesmo proprietário, prática que configura o crime de falsidade ideológica, previsto no Código Penal brasileiro.

Os fatos investigados, que resultaram no oferecimento da denúncia desta terça-feira, 24 de agosto, foram identificados durante as apurações da Operação Pasteiros, deflagrada pelo MPPR em dezembro de 2020, a partir da qual foram investigadas possíveis fraudes a licitações em municípios paranaenses, incluindo Cornélio Procópio.

A denúncia tramita na Vara Criminal de Cornélio Procópio. (Rádio Web CP com conteúdo da Assessoria de Comunicação do MPPR).

Deixe uma resposta