Sarampo tem crescimento significativo no Paraná

O Informe Epidemiológico semanal divulgado nesta quinta-feira (10) pela Secretaria de Estado da Saúde mostra o crescimento significativo de casos confirmados, 103 pessoas moradoras do Paraná tiveram ou estão com sarampo. 80 casos são da Curitiba e outros 18 na região metropolitana. As cinco confirmações restantes estão em Jacarezinho (1), Ponta Grossa (1), Maringá (2) e Rolândia (1).

“Os casos aumentam e demonstram a necessidade de vacinar a população preconizada contra a doença. Solicitamos que as mães, pais ou outro responsável, levem a criança até uma das salas de vacinação distribuídas em nosso Estado”, diz a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria, Acácia Nasr.

Segundo ela, uma doença altamente transmissível e que pode ser acompanhada de complicações graves. E como o vírus não circulou no Paraná por mais de 20 anos, muitas pessoas não tiveram contato com o sarampo e não se sentem o risco de contaminação ou transmitir para alguém. “Por isso nós e o Ministério da Saúde nos mobilizamos para alertar e chamar a população para a vacinação”, afirma.

Desde 2004 a indicação do Ministério da Saúde (MS) é que sejam aplicadas duas doses da vacina contra sarampo, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses de vida. Porém, segundo dados dos últimos anos, o Paraná não atingiu a meta de vacinação estabelecida pelo Ministério para as duas doses. (Rádio Web CP – Fonte: AEN).

Deixe uma resposta