Rebelião em Nova Fátima com agente penitenciário refém durou mais de 10 horas

A rebelião dos presos do município de Nova Fátima, 30 km de Cornélio Procópio, começou na noite de quinta-feira e só terminou na manhã desta sexta-feira, 12.

Eles reivindicavam transferência para uma penitenciária e melhorias no atendimento médico.

As Polícias Civil, Militar,Ministério Público e Judiciário usaram muito diálogo com os detentos e durante toda a madrugada houve contatos verbais com o agente feito refém que dizia estar bem.

Pela manhã, o carcereiro foi liberado pelos presos e encaminhado ao Hospital com escoriações pelo corpo e rosto.

Em seguida, foi realizada vistoria na cadeia e remanejados os presos para celas mais seguras. Quatro presos foram transferidos.

A prisão da delegacia de Nova Fátima tem capacidade para 8 detentos, mas abrigava 24. (Texto: Rádio Web CP).

Deixe uma resposta