Policial afastado mata ex-mulher e se mata no litoral do PR

Um sargento afastado das funções em razão de depressão matou a ex-companheira e, em seguida, se matou, em Paranaguá, litoral do Paraná.

Sidnei Rosa da Silva, 48 anos, não aceitava o fim do relacionado com Jucilene Siqueira, 20 anos, e por isso, fez o que ninguém esperava.

Ele foi até a casa dela no bairro Jardim Figueira, no início da manhã deste sábado, 20, e ambos passaram a discutir. O ex-PM pegou a arma de atirou duas vezes.

Depois, teria efetuado mais dois disparos. A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O sargento saiu de casa e foi até o bairro Jardim Porto dos Padres, onde atirou contra a própria cabeça usando a mesma arma.

Segundo vizinhos, o ex-policial atuava no 9º Batalhão da PM e teria sido aposentado em conseqüência da depressão que sofria. (Texto: Rádio Web CP com informações da Banda B).

Deixe uma resposta