Pai da menina de 11 anos encontrada morta em Rolândia tem prisão temporária pedida pela polícia

Ricardo Seidi, que confessou ter enterrado o corpo da filha Eduardo Shiguematsu, de 11 anos, em Rolândia, teve a prisão temporária solicitada pela polícia civil nesta segunda-feira, 29.

Ele foi preso por ocultação de cadáver, mas, como o laudo do IML aponta morte por esganadura, o caso passou a ser considerado como homicídio qualificado.

O pai disse aos policiais que teria ocultado o cadáver porque encontrou a filha enforcada no quarto. Ele ainda não tem advogado constituído.

O corpo da menina foi encontrado na tarde de domingo, 28, nos fundos de uma casa de aluguel, de propriedade da família.

A mãe de Eduarda, a avó e outros familiares serão ouvidos nesta terça-feira, 30. (Texto: Rádio Web CP com informações do G1 PR e RPC Londrina).

Deixe uma resposta