Ladrões não perdoam nem o Museu de História Natural em Cornélio

Ladrões ignoram todos os tipos de estabelecimentos e, desta vez, escolheram o Museu de História Natural de Cornélio Procópio para furtar.

O denunciante disse que, ao abrir o local na manhã de quarta-feira, 28, constatou a falta de um cocar de índio com penas azuis de aproximadamente um metro.

Ele relatou à equipe PM que o furto pode ter ocorrido no dia anterior, quando dois indivíduos visitaram o museu em duas ocasiões e não teriam assinado o livro de visitas.

Durante a estadia dos suspeitos, conforme o responsável pelo local, eles questionaram se poderiam fotografar os animais taxidermizados. (Texto: Rádio Web CP).

Deixe uma resposta