Funcionário conserta descarga e acha corpo em parede de banheiro

Um corpo foi encontrado dentro da parede de um sanitário de shopping em Calgary, no Canadá. De acordo com informações do The Guardian , um funcionário do local consertava o sistema de descarga de uma das cabines – do banheiro feminino – quando descobriu o corpo do homem.

A polícia está investigando o caso e, segundo Emma Poole, porta-voz das autoridades, o corpo foi descoberto na última segunda-feira (30) no shopping Core. “Se você olhar para o banheiro , verá um painel atrás do vaso sanitário, que aciona a descarga automaticamente assim que as pessoas se levantam”, explicou, “quando eles retiraram o painel, encontraram uma pessoa morta dentro da parede”.

A administração do prédio, então, chamou os policiais que, chegando ao shopping, bloquearam acessos e fecharam as sessões de alimentação do quarto andar do local. Uma equipe médica retirou o corpo da parede quase seis horas após a descoberta. Além disso, as autoridades confirmaram que se tratava de um homem adulto, porém, a causa da morte ainda não foi divulgada.

“A pessoa pode ter caído do duto de ventilação”
Até o momento, o sanitário feminino continua classificado como uma cena ativa de crime . “A morte ainda está classificada como indeterminada”, disse a polícia em nota.

Segundo o portal Calgary Sun , Poole explicou que uma das hipóteses aponta que a pessoa em questão estava andando no duto de ventilação, caiu e ficou presa na parede. “A ideia mais lógica, neste momento, seria que o corpo veio de cima”, disse.

Os sistemas de ventilação e ar-condicionado estão sendo examinados por uma equipe especializada, que busca vestígios de que alguém passou por ali e eventualmente caiu na parede.

Ainda não é possível dizer por quanto tempo o corpo permaneceu dentro do banheiro . É necessário aguardar o resultado da autópsia, marcada para ser realizada na última terça-feira (1º). Em nota, o shopping declarou que está providenciando aconselhamento ao funcionário que encontrou o homem. (Rádio Web CP – Fonte: Ig).

Deixe uma resposta